segunda-feira, 14 de abril de 2008

Mássimo em: entrevistas mínimas IV

Experiente na arte de liberar a catraca, Sr. Passe tem a história mais incomum no mundo dos vale transportes.A grande maioria de seus bilheres foi herdada da caderneta do cobrador, que já não está no meio de nós. Após receber este ‘presente’, começou a facilitar a vida de muita gente, mantendo alguns fãs do antigo legado que o fora deixado.
Se você não o conhece, é uma ótima oportunidade para explorar novos horizontes.



Professor Mássimo – O senhor sente-se traído pelo Bilhete Único?
Sr. Passe – Prefiro não dar declarações sobre isso, mas adianto que tenho muito mais charme.



Encerramos as entrevistas genéricas do Whan, pois eu não agüento mais ter que fazer trocadilhos infames com o nome das pessoas. Mas não deixaremos de continuar a entrevistar os vários seres e objetos inanimados da sociedade.

2 comentários:

Stephs disse...

a entrevista do senhor passe foi melhor que a do próprio senhor parsons kospksoa

Lorrayne disse...

Barrou a entrevista do próprio criador de comunidades!