terça-feira, 12 de agosto de 2008

Boletim Olímpico II

E o Brasil ganhou mais uma medalha (AEEE)... de bronze. Agora são três. Devemos comemorar, não é mesmo? Acho que não. Vamos ver o quadro de medalhas.

1
13 de ouro;
3 de prata;
4 de bronze;


total de 20 medalhas
2
7 de ouro;
6 de prata;
8 de bronze;


total de 21 medalhas
3
5 de ouro;
6 de prata;
1 de bronze;


total de 12 medalhas
4
3 de ouro;
4 de prata;
2 de bronze;


total de 9 medalhas
5
3 de ouro;
2 de prata;
4 de bronze;


total de 9 medalhas

































Até então nenhuma novidade. Eu pensei melhor e acho que fui um pouco injusto com a Austrália ontem. É um excelente país em olimpíadas e não há nada de anormal em eles terem mais medalhas que o Brasil. Mas ninguém consegue me explicar como o Azerbeijão tem uma medalha de ouro e duas de prata. Nem como a Tailândia tem uma de ouro. Zimbábue, Casaquistão e, pasmem, Vietnã. Todos eles estão com mais medalhas que o Brasil. Analisando melhor, devemos comemorar a terceira medalha de bronze sim. Não seria legal o país chamado Formosa estar com o mesmo número de medalhas que nós. Obrigado, Judô. O país agradece.

6 comentários:

lu disse...

ai,ai. Que triste. Vou virar australiana.

Nát disse...

é, talvez virar australiana não seja má idéia. pelo menos eu gosto de xadrez na modalidade australiana ._. [?]

Anônimo disse...

assim que eu acabar de construir a minha máquina do tempo eu volto no tempo e faço uma macumba aê pra eu nascer australiana.

lu disse...

esse anônimo sou eu, é que eu envieei e esqueci de por o meu nome ¬¬'

Gabi disse...

Também gosto de xadrez australiano.

Esperem só quando chegar a hora das medalhas do vôlei, esperem só!

Lo disse...

É OUURO JÁ (: