segunda-feira, 26 de maio de 2008

A-HA-ZÔ BEE! - a ressaca da Parada Gay

No dia seguinte da maior parada gay do mundo a cidade volta ao normal como se nada tivesse acontecido. Quem trabalha na Av. Paulista voltou ao batente sem nenhum indício de que por lá passaram mais de 3 milhões de pessoas, a não ser por um pouco de lixo além do normal.

Antes que pensem alguma coisa, não, eu não estive por lá ontem, mas pelo o que pude apurar o propósito da parada já não é mais o mesmo, quase todos não participaram por conta do orgulho gay, mas sim porque esse é só mais um evento da cidade. Parece também que a droga rolou solta, assim como os héteros.

Enfim, cabe a cada um orgulhar-se ou não desse título que o Brasil tem de abrigar a maior parada gay do mundo, mesmo que nela não haja tantos gays assim. Eu me orgulho por não ter tantos gays.

2 comentários:

Gabi disse...

Pensei que o título era comigo.

Por um dos meus apelidos ser Bee sabe...

.....BlueBerry..... disse...

Como diz um sábio filósofo por aí:
"Ado a-ado, cada um no seu quadrado"
hahahahahahahahahahah

Deixe que os indivíduos (bichas ou não) sejam gazelas felizes na parada gay!!!